toe walking

Andar na ponta dos pés é uma preocupação comum entre os pais. É um hábito frequente entre as crianças menores de 2 anos que estão aprendendo a andar e não apoiam a carga do corpo no calcanhar. Após essa idade o hábito se torna infrequente e a maioria assume o padrão normal de andar.

Em raros casos, o andar na ponta dos pés está associado a uma condição médica subjacente. A persistência dessa marcha além de 2anos de idade merece uma maior atenção e investigação. Contudo, na grande maioria dos casos, a persistência da deambulação é “idiopática”, o que significa que a causa exata não é conhecida.

Elas continuam a andar na ponta dos dedos simplesmente por hábito ou porque os músculos e tendões de suas panturrilhas se tornaram menos flexíveis e mais encurtados com o tempo. Nesses casos o tratamento consiste em fisioterapia para fortalecimento e alongamento da musculatura da perna.

Voltar para matérias