AQUI SERÃO ABORDADOS OS PRINCIPAIS TEMAS PEDIÁTRICOS E TENTAREMOS ESCLARECER AS PRINCIPAIS DÚVIDAS APRESENTADAS NAS CONSULTA

DUVIDA5

 

Cólica

Cólica

PORQUE OS BEBÊS TÊM CÓLICAS? R: A resposta para essa pergunta não é tão simples. Os mecanismos que levam às cólicas nos recém nascidos não são completamente claros. Mas a imaturidade do intestino e até mesmo a flora intestinal que o coloniza estão envolvidos no problema. QUAIS OS PRINCIPAIS SINTOMAS DE CÓLICAS? R: A cólica se manifesta com choro súbito e inexplicado que não melhora após medidas de conforto. A criança tem ataques de choro intenso e estridente em que se estica, vira a cabeça para...

Leia mais

Fimose/Circuncisão/Postectomia

Fimose/Circuncisão/Postectomia

INTRODUÇÃO CIRCUNCISÃO –  procedimento cirúrgico no qual a pele que cobre o final do o pênis é removida. Estudos científicos mostram alguns benefícios médicos da circuncisão. No entanto, esses benefícios não são suficientes para a Academia Americana de Pediatria recomendar que todos os meninos sejam submetidos ao procedimento. Os pais podem querer que seus filhos sejam operados por razões religiosas, sociais e culturais. Uma vez que a circuncisão não é essencial para a saúde da criança, os pais devem...

Leia mais

Transtorno Espectro Autista

Transtorno Espectro Autista

QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS SINTOMAS DE AUTISMO? O autismo é um transtorno do desenvolvimento complexo com diferentes formas de apresentação. Por essa característica é também chamado de desordem do espectro autista, por incluir indivíduos com manifestações clínicas bastante distintas. Como características fundamentais os indivíduos apresentam dificuldade de comunicação, de socialização e comportamento restrito e repetitivo. A criança tem dificuldade de comunicação, isso significa que ela pode demorar para...

Leia mais

Orientações para o sono

Orientações para o sono

INTRODUÇÃO O impacto de uma noite mal dormida para uma criança pode ser significativo. Existe evidência de efeitos deletérios sobre o desenvolvimento cognitivo (aprendizado, memória, funções executivas), sobre o humor (irritabilidade, alteração da modulação do afeto), sobre a atenção, sobre o comportamento (agressividade, hiperatividade, perda do controle do impulso) e sobre a saúde propriamente física (aumento na incidência de acidentes, disfunção imunológica e metabólica). Existe uma base sólida de...

Leia mais

Alergia à proteina do leite de vaca

Alergia à proteina do leite de vaca

INTRODUÇÃO Alergia à proteína do leite de vaca (APLV) é uma reação alérgica às proteínas presentes no leite de vaca ou em seus derivados. É a mais frequente das alergias alimentares, acomete cerca de 3% das crianças nos primeiros anos de vida. A APLV é um tipo de alergia na qual o sistema imune da criança reage ao leite de vaca com surgimento de sintomas alérgicos. Diferentes manifestações clínicas podem ocorrer, desde problemas com a pele (erupção cutânea, urticária, pele seca e coceira), como...

Leia mais

Diarréia

Diarréia

Em um post mais antigo escrevi sobre rotavírus, um dos principais agentes causadores de diarréia. Volto ao tema “Diarréia” fora de época. Assim como a doença, chamada doença do verão, que resolveu se manifestar de forma atípica no inverno. De certo que diarréia é uma doença infecciosa que ocorre durante todo o ano, mas temos visto um maior número de casos para a época que estamos. A doença tem como modo de transmissão a via oral, porta de entrada dos patógenos diarréicos capazes de romper as barreiras de defesa do...

Leia mais

Refluxo Gastroesofágico

Refluxo Gastroesofágico

Refluxo gastroesofágico é o refluxo do conteúdo alimentar presente no estômago de volta para o esôfago. Não é incomum que ele ocorra entre os indivíduos. E nem sempre vai ser considerado doença. A maior parte das pessoas vai apresentar algum grau de refluxo após as refeições sem que isso traga sintomas ou repercussões. Os bebês, em especial aqueles menores de 6 meses, estão mais sujeitos ao refluxo. Isso ocorre pois apresentam uma imaturidade do trânsito intestinal, se alimentam com uma regularidade muito maior,...

Leia mais

Doutor meu filho é daltônico?

Doutor meu filho é daltônico?

É habitual que as crianças comecem a nomear as cores entre 2 anos e meio e 3 anos. Identificam, inicialmente, as cores vivas para depois distinguir diferentes cores e tonalidades. O aprendizado das cores deve ser entendido dentro do contexto global do desenvolvimento infantil. A evolução de qualquer criança é única, apresenta ritmo próprio e avança de forma heterogênea entre as diferentes áreas. Um bom nível de desenvolvimento em um campo não implica que aconteça o mesmo em todos os outros. O daltonismo é um distúrbio visual...

Leia mais

Convulsão febril

Convulsão febril

Quem já vivenciou um evento convulsivo sabe o quanto ele é assustador. E talvez por isso a convulsão febril seja tão temida pelos pais. Ela é decorrente de uma rápida elevação da temperatura corporal (febre) e se manifesta com perda de consciência, abalos e movimentos incoordenados, movimentação ocular aleatória e dificuldade respiratória de curta duração. Na maior parte das vezes existe um quadro infeccioso que desencadeia a febre, com rápida ascensão da temperatura em uma criança com predisposição genética e idade...

Leia mais

Amamentação e uso de medicamentos

Amamentação e uso de medicamentos

    É muito comum o uso de medicamentos por mulheres que estão amamentando. A dúvida quanto a segurança no uso e a possibilidade de passagem através do leite materno implica, em determinadas situações, a interrupção do aleitamento. O que, ao nosso ver, não é a melhor saída. A maioria dos medicamentos é compatível com a amamentação; poucos são os fármacos formalmente contraindicados e alguns requerem cautela ao serem prescritos, devido aos riscos de efeitos adversos nos lactentes e/ou na lactação. A depressão...

Leia mais