COLICA

PORQUE OS BEBÊS TÊM CÓLICAS?

R: A resposta para essa pergunta não é tão simples. Os mecanismos que levam às cólicas nos recém nascidos não são completamente claros. Mas a imaturidade do intestino e até mesmo a flora intestinal que o coloniza estão envolvidos no problema.

QUAIS OS PRINCIPAIS SINTOMAS DE CÓLICAS?

R: A cólica se manifesta com choro súbito e inexplicado que não melhora após medidas de conforto. A criança tem ataques de choro intenso e estridente em que se estica, vira a cabeça para os lados repetidamente e assume posição com as pernas fletidas sobre o abdome. A eliminação de gases é comum com alívio temporário da dor.

BEBÊ QUE TOMA FÓRMULA TEM MAIS CÓLICA DO QUE AQUELE EM ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO?

R: A cólica do lactente acontece tanto em bebês que usam fórmulas infantis como entre aqueles alimentados exclusivamente no seio. Entre os que recebem fórmula, pode ocorrer sintomas intestinais decorrentes de alergia à proteina do leite de vaca que se confundem com as cólicas do lactente.

PARA OS BEBÊS QUE ESTÃO EXCLUSIVAMENTE NO SEIO A ALIMENTAÇÃO DA MÃE INFLUENCIA NA CÓLICA?

R: Não existe evidência clara de que a alimentação materna tem influência sobre as cólicas do bebê.

O que pode ser feito é tentar identificar, por experiência anterior, quais alimentos induziram cólica no bebê. E isso vai ser particular para cada binômio mãe-bebê.

Bebês que apresentam alergias alimentares específicas podem ser sensibilizados quando são amamentados após a mãe ingerir o alimento em questão.

COLOCAR O BEBÊ PARA ARROTAR EVITA CÓLICA?

R: Irá evitar que o bebê fique com desconforto pela distenção do estômago e que posteriormente regurgite o leite ingerido. Mas não vai atuar diretamente na cólica.

CHÁS AJUDAM A DIMINUIR AS CÓLICAS?

R: Não existe comprovação de que os chás ajudam na cólica.

TODO CHORO É SINAL DE QUE BEBÊ ESTA SOFRENDO COM CÓLICA?

R: Muitas vezes o choro do bebê é interpretado como dor mas na verdade  são outras demandas que estão em questão, como fome, frio e fralda suja.

ENROLAR O BEBÊ EM UM CUEIRO AJUDA A ALIVIAR AS CÓLICAS?

R: Talvez não ajude diretamente nas cólicas mas pode acalmá-lo uma vez que bebês gostam de se sentir acolhidos.

Colocar o bebê no seio pode ajudar. A sucção por si tem um efeito analgésico e a proximidade da mãe atua acalmando o bebê.

Além disso, a orientação dos familiares é bastante importante pois entender que as cólicas são comuns e não estão implicadas em problemas orgânicos ou qualquer prejuizo ao bebê ajuda os pais a lidarem melhor com o problema. É normal que as cólicas desapareçam naturalmente depois de algumas semanas e não costumam se prolongar por muitos meses.

QUAIS AS FORMAS MAIS EFICAZES DE COMBATER A DOR DE CÓLICA?

R: Ela pode ser aliviada com massagens, calor local e analgésicos comuns. Chás caseiros, mudanças alimentares e técnicas comportamentais fazem parte do tratamento da cólica, mas não parecem ter efeito sobre o bem estar da criança. Nessa situação, vale lembrar do ditado popular: O tempo é o melhor remédio.

Voltar para matérias